ESPIRITUALIDADE

FOCO

Foco. Fico pensando nisso às vezes e muitas vezes sem o devido foco para a questão.

Quem é que tem foco? O que é foco? Como se obtém esse foco? Como deixar de lado milhares de distrações para ter foco?

Foco é direcional, não bidirecional, mas único, enfático e de certa forma enfadonho. Um filósofo falava no passado que se tivermos “foco” (não, ele não usou esta palavra), inevitavelmente se perseguirmos nosso “sonho” iremos esbarrar com o sucesso mais cedo ou mais tarde (Thoreau).

Deste dizer, acabo por dimensionar e ir para fora do foco e fico me perguntando o que é sucesso? Acho que cada um de nós tem uma ideia (ainda que não seja totalitária) do que é sucesso pessoal.

Esse danado do foco mais atrapalha que ajuda? Dedico tanto tempo para não me perder e de repente, numa rede social, vem até mim um escrito que me tira do foco naquilo que estou fazendo… mas, sinceramente, não creio que foco seja essa enfadonha arte de se concentrar em uma só coisa e esquecer do resto.

Foco é DIRECIONAMENTO, é para onde vou, é prestar atenção se o que tenho, o que faço, o que não faço, o que empreendo… se tudo isso está ligado de certa forma aquilo com o qual sonho, pretendo, desejo.

Não é foco no foco, mas é concentração na missão de vida. Não dá pra termos mais vidas (quem dera uma Biblioteca da meia-noite – se sabe da referência ria comigo, se não sabe procure por este livro).

Desejamos e por isso ainda vivemos. Queremos e por isso ainda vamos atrás. Sonhamos e é por isso que conseguimos caminhar mais um dia, mais uma milha, mais uma curva na estrada.

Não perca o foco, ou seja, não se perda no vazio das relações que não te levam para lugar nenhum e apenas querem deixar você no limbo, com a nítida sensação de que podia mais, que desejava mais. Embarque em navegadores que estão indo para o lugar onde você também vai. Encoraje-se de estar com pessoas que possam te fazer crescer, que são contra você (é paradoxal, eu sei), que são contra suas ideias que se perdem do foco, que te conduzem e te ajudam a enxergar quem você é de verdade e não apenas um espelho sujo onde sua imagem está fora de foco.

A Bíblia tem razão ao dizer que a boca fala do que o está cheio o coração, então, preste atenção no que fala, pois é daí que verá como está por dentro. Destas palavras que brotam no seu dia a dia é que saberá quem você é, minimamente, eu sei, mas te dará um bom suporte para compreender algumas coisas intrinsecamente suas.

Não se furte de se conhecer melhor. Não aquele conhecimento superficial que demonstramos ao conhecer alguém novo, mas aquele conhecimento interior que revela muito nos pensamentos, nas palavras, quando estamos sós.

Se puder, faça terapia. Terapia não é para “gente doida”, apesar de que, nós “os doidos” nos beneficiamos grandemente dela. Ajude-se a te ajudar no empreendimento da sua vida. Não se deixe para trás, assume o leme para onde vai e navegue, com medo, sem medo, sabendo para onde quer ir, mesmo que não souber, navegue.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s