SOCIEDADE E CULTURA

DEMOCRACIA versus FASCISMO

Sim, a disputa desse ano é sobre democracia (com todos os ônus que têm) e o (neo)fascismo. Quem ainda não se deu conta disso é porque está lobotomizado.

As principais características de personagens mussolinescos são: (i) evocar um passado militar inexistente; (ii) adotar as armas como instrumento de consagração da violência; (iii) promover cruzadas moralizantes no campo dos costumes; (iv) tornar o Estado policialesco com diretrizes miliciana e paramilitar; (v) declarar guerra contra comunistas, jornalistas, militantes de movimentos sociais, ambientalistas, professores, minorias, tratando-os como “inimigos” da pátria; (vi) invocar “Deus” e a Pátria como senha de opressão e identificação dos potenciais inimigos. Essas características já se deram na história e hoje no Brasil está mais que evidente. Só não enxerga quem já foi contaminado pelo vírus do “fascio”.

O que temos é uma sanha de totalitarismo com ares de bonapartismo escrachado. Assim, não se trata de uma disputa no campo democrático, mas sim de uma “guerra” para sobreviver diante de quem não tem apreço nenhum pelas regras do jogo. E parece que a grande imprensa insiste em não diferenciar os campos de batalha.

Categorias:SOCIEDADE E CULTURA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s